Tudo É Irrelevante, Hélio Jaguaribe

August 16, 2018

5
1 votos
Título original:Tudo É Irrelevante, Hélio Jaguaribe
Ano de produção:2017
Gêneros:Documentário
Duração:1h 23min
Nacionalidade:Brasil
Direção:Izabel Jaguaribe, Ernesto Baldan
Elenco:Hélio Jaguaribe, Fernanda Montenegro, Fernando Henrique

Sinopse do filme

Os primeiros minutos deste documentário parecem anunciar o pior: uma narração explica quem é Hélio Jaguaribe, em que data e cidade nasceu, seus principais trabalhos etc., num didatismo banal. Felizmente, passadas as apresentações escolares, o filme diz a que vem, e começa a enunciar um verdadeiro debate filosófico e político sobre os rumos do Brasil desde a ditadura militar. A trajetória do cientista político serve como pano de fundo para um retrato amplo, de ambições surpreendentes.

Em tela, uma dezena de intelectuais discorre sobre a natureza humana e sua relação com a transcendência, partindo dos conceitos céticos de Jaguaribe, segundo o qual não existiria propósito à vida humana, nem uma superioridade da nossa raça em relação aos outros animais. Em seguida, o projeto mergulha no complexo pensamento político de Jaguaribe, que se alimentou de ideias progressistas para manter uma relação ambígua com o governo Vargas e depois apoiar fervorosamente o desenvolvimentismo de Kubitschek, vindo a se tornar empresário durante o crescimento dos anos 1950.

As discussões possuem grande interesse, tendo o mérito do despojamento da linguagem oral. O problema é conseguir refletir diante do verdadeiro caos que constituem as imagens de Tudo é Irrelevante. Os diretores Izabel Jaguaribe e Ernesto Baldan evitam o formato acadêmico de entrevistas seguidas de material de arquivo, o que é bastante louvável, mas optam por um intervencionismo barroco e saturado. Cada entrevista é marcada por uma sobreposição de filtros digitais, em cores que vão do preto e branco ao sépia e graduações entre ambos, com frases de Jaguaribe estampadas ao fundo. Alguns filtros são translúcidos, de modo que uma mesma imagem apresenta riscos simulando a película danificada sobre o rosto do entrevistado, emoldurado por frases em cima e dos lados, diante de palavras desfilando no cenário.

Consequentemente, é difícil manter a concentração no discurso. O olhar do espectador é solicitado por uma série de estímulos simultâneos que, ao invés de se completarem, competem uns com os outros. Não existe qualquer forma de coesão estética, a não ser que se considere a bagunça ininterrupta como uma coesão em si: temos o digital simulando ser película, a palavra escrita brigando com a palavra sonora, a cor disputando espaço com o preto e branco, as animações e desenhos atrapalhando as captações realistas e o material de arquivo.

Talvez a intenção fosse ressaltar o caráter multifacetado de Jaguaribe. No entanto, acúmulo é diferente de complexidade, e o todo não é igual à soma (ou sobreposição, no caso) de suas partes. O documentário transmite a impressão de ser sóbrio e elegante no plano discursivo, porém extravagante e disperso nas escolhas imagéticas. Quem estiver disposto a ultrapassar tantas animações, figuras de deuses gregos, trilha sonora intermitente e colorações múltiplas vai encontrar ao fundo um material rico para reflexão.

Assistir Tudo É Irrelevante, Hélio Jaguaribe Dublado Online

image/svg+xml
image/svg+xml

Filmes das mesmas categorias

5
Om det oändliga
  • 2019
  • Drama, Fantasia
0
High Flying Bird
  • 2019
  • Drama, Esporte
0
The Devil Has a Name
  • 2019
  • Comédia, Comédia dramática
0
Synonyms
  • 2019
  • Drama